“Veterinários Todo-o-Terreno” é o novo programa de televisão, que retrata o dia-a-dia de uma equipa de médicos veterinários muito especial.
Neste episódio de Veterinários Todo-o-Terreno os cães são protagonistas.

Se também gostam de ter por perto o melhor amigo do homem, não podem perder a história da Linda, uma caniche com 6 anos, que está com um linfoma.
Tal como nos humanos, este cancro é bastante agressivo e se não tratado, evolui muito rapidamente. Será que a Linda está apta para receber tratamentos de quimioterapia?

Pela primeira vez vamos conhecer o Centro Veterinário do Douro. O Frederico, um cocker com 5 anos, tem uma doença grave nos olhos, que o podem levar à cegueira. A Dr.ª Maria João foi chamada para avaliar o caso, e parece-nos que esta dupla ainda vai ter muitos desafios pela frente.

Para terminar fomos conhecer o canil da Ani São-João , a casa de dezenas de cães de todos os portes e idades.
Desta vez, o Dr. Paulo e a Dr.ª Joana não foram sozinhos. A equipa de produção do programa quis acompanhar os veterinários e fazer parte desta causa cada vez mais importante – os cuidados e a adoção de animais errantes.
 
Estas e outras histórias para acompanhar no primeiro episódio de VETERINÁRIOS TODO-O-TERRENO.
veterinários todo-o-terreno
Para além de mimos, os nossos amigos gostam de ser vistos e comentados…
mas tu também podes aparecer!
Envia a foto, selfie ou pequeno vídeo para o email: vtt@veterinariostodoterreno.pt
Não te esqueças do nome e idade dos teus amigos…
Acompanha-nos e deixa o teu like nas nossas redes sociais.
 
Neste episódio, o espaço “Quero é likes” é especial.

Estes cães, são só alguns, dos muitos que estão à espera de uma casa e família, que os acolha para sempre.

Se gostavas de adotar um amigo de 4 patas, entra em contacto com a Ani São João.

Fepsa
5 anos. Porte médio.
Numa fabrica ela apareceu procurando afecto a todos que passaram por ela.
A cadela de olhar triste.
 
Manel
2 anos. Porte grande.
Deambulava pela cidade à procura de atenção, apesar de aparentar estar bem tratado infelizmente nenhuma familia o reclamou.
 
Neptuno (Nepi)
3 anos. Porte médio.
Nasceu no mato.
Ele e os seus 6 irmãos sairam da rua e foram recolhidos em FAT. Todos adotados menos o Nepi, conheceu uma familia temporária mas a sua adoção tardou em chegar e aos 7 meses teve que vir para o albergue … por cá continua…
 
Nikita:
3 anos. Porte médio.
Enquanto ainda jovem foi deixada amarrada numa esplanada de um centro comercial.
 
Silver
4 anos. Porte médio.
Não sabemos se foi abandonado naquela rua, mas numa rua apareceu e por lá ficou, brincava inocentemente, no meio da rua, com mantas que lhe colocavam e é um amor de menino.
 
Simba
2 anos. Porte grande.
Abandonado com os seus irmãos ainda muito bebé numa caixa de papelão num dia quente.
Chegou a encantar uma familia que prometeu ser para sempre, esse “sempre” durou 7 meses, as suas traquinices e travessuras típicas da sua tenra idade foram a desculpa e regressou a Ani São João.
Triste e ressentido por estar longe de uma familia.
 
Toni
7 anos. Porte pequeno.
Deixado amarrado a um posto a entrada do albergue.
Com uma dermatite na pele e cheio de pulgas.
Com um olhar perdido.
 
Vadia
5 anos. Porte pequeno-médio.
Deambulava há meses na rua sem confiar nas pessoas e refugiava-se numa zona de matos.
Com persistência , paciência e união de ajudas ela foi recolhida.
veterinários todo-o-terreno
veterinários todo-o-terreno

Veterinários Todo-o-Terreno é uma produção